Jornalismo Ambiental no Brasil e no Mundo

Notícias e conteúdos sobre a prática do jornalismo na área de meio ambiente no Brasil e no Mundo


Deixe um comentário

Estão abertas as inscrições para as Microbolsas Petróleo e Mudanças Climáticas

 Em parceria com o WWF-Brasil, a Pública vai contemplar quatro pautas com bolsas de R$ 8 mil e mentoria
Estão abertas as inscrições para as Microbolsas Petróleo e Mudanças Climáticas, lançadas pela Agência Pública em parceria com o WWF-Brasil. Nesta edição, buscamos pautas sobre as novas fronteiras de exploração de petróleo e seus impactos socioambientais, com especial foco na região amazônica e na margem equatorial. As inscrições devem ser realizadas até o dia 10 de dezembro através deste formulário.

Repórteres de todo o país são convidados a inscrever suas pautas. A Agência Pública e o WWF-Brasil selecionarão quatro propostas, considerando originalidade, viabilidade, segurança e a diversidade das propostas. As equipes selecionadas serão contempladas com bolsas de R$ 8 mil e mentoria para produzir as reportagens, que serão publicadas no site da Agência Pública.  Para se inscrever nas Microbolsas, é necessário que repórteres interessados enviem uma apresentação profissional, com exemplos de trabalhos realizados, e a pauta que pretendem investigar, incluindo pré-apuração, plano de trabalho – métodos jornalísticos que serão utilizados, possíveis fontes, cronograma – e plano de orçamento.

regulamento completo pode ser encontrado no site da Agência Pública.O resultado das Microbolsas Petróleo e Mudanças Climáticas será divulgado na segunda quinzena de janeiro de 2023.

Informações

Microbolsas Petróleo e Mudanças ClimáticasRealização: Agência Pública e WWF-Brasil
Inscrições de 10 de novembro a 10 de dezembro de 2022
Formulário de inscrições | 
Regulamento – 4 bolsas de R$ 8 mil e mentoria para repórteres selecionados

Divulgação do resultado: segunda quinzena de janeiro de 2023

Dúvidas: contato@apublica.org 

Sobre a Agência Pública – A Agência Pública foi fundada em 2011 por jornalistas mulheres e tem como missão produzir reportagens de fôlego pautadas pelo interesse público, sobre as grandes questões do país do ponto de vista da população – visando o fortalecimento do direito à informação, à qualificação do debate democrático e a promoção dos direitos humanos. Em 2021, nossas reportagens foram reproduzidas por cerca de 1000 veículos, sob a licença creative commons. A Agência Pública ganhou 60 prêmios nacionais e internacionais, como o Prêmio Vladimir Herzog, Prêmio República e Prêmio Gabo. 
https://apublica.org

Sobre o WWF-Brasil – O WWF-Brasil é uma ONG brasileira que há 26 anos atua coletivamente com parceiros da sociedade civil, academia, governos e empresas em todo país para combater a degradação socioambiental e defender a vida das pessoas e da natureza. Estamos conectados numa rede interdependente que busca soluções urgentes para a emergência climática. Site: wwf.org.br/doe


Fonte: Agência A Pública
Continuar a ler


Deixe um comentário

Agência Eco Nordeste participa da Google News Initiative

Neste dia 15 de novembro de 2022, uma boa notícia. A Eco Nordeste foi uma das 450 organizações selecionadas pelo Google News Initiative, em 52 países, para o Fundo de Equidade para o Jornalismo (News Equity Fund), um compromisso global para fornecer suporte financeiro e oportunidades para organizações de notícias que atendem principalmente comunidades sub-representadas. O objetivo é fortalecer a inclusão, capacitar ainda mais um ecossistema de notícias diversificado e apoiar especificamente editores de pequeno e médio porte a criar jornalismo original para públicos sub-representados em todo o mundo.

Continuar a ler


Deixe um comentário

Inscrições ao Prêmio Águas de Manaus de Jornalismo Ambiental vão até 18/11

Serão reconhecidos trabalhos publicados entre 1º de novembro de 2021 e 18 de novembro de 2022.

Estão abertas as inscrições para a primeira edição do Prêmio Águas de Manaus de Jornalismo Ambiental. A premiação realizada pela concessionária tem o intuito de reconhecer profissionais da comunicação que, por meio de reportagens em texto, áudio e vídeo, ampliaram discussões sobre os impactos positivos do abastecimento de água tratada e do esgotamento sanitário na capital amazonense.

Os jornalistas podem se inscrever até o dia 18 de novembro de 2022, às 23h59 (horário de Manaus), pelo hotsite Prêmio Águas de Manaus de Jornalismo Ambiental (premioaguasdemanaus.com.br) . No endereço, também é possível consultar o regulamento. O prêmio reconhecerá matérias produzidas e publicadas no período compreendido entre 1º de novembro de 2021 e 18 de novembro de 2022.

Continuar a ler


Deixe um comentário

Termina em 14/10 prazo de inscrições no Prêmio Prolagos de Jornalismo Ambiental

Concurso distribui R$ 36 mil em prêmios divididos em seis categorias: impresso, TV, rádio, fotografia, web e universitário

Está chegando ao fim o prazo para as inscrições para o Prêmio Prolagos de Jornalismo Ambiental. A Prolagos, empresa da Aegea Saneamento, é a concessionária responsável pelos serviços de saneamento básico em cinco municípios da Região dos Lagos (Cabo Frio, Armação dos Búzios, Iguaba Grande, Arraial do Cabo e São Pedro da Aldeia) no estado do Rio de Janeiro.

Os interessados na inscrição no Prêmio Prolagos tem até o dia 14 de outubro de 2022 para publicarem as reportagens e encaminharem a documentação para o e-mail premio.jornalismo@prolagos.com.br. A iniciativa, que está em sua 4ª edição, contou com mais de 40 trabalhos inscritos em 2021 e mobilizou 15 veículos de imprensa da região.


Deixe um comentário

Abertas inscrições para V Encontro Nacional de Pesquisadores Ambientais

Encontro Nacional de Pesquisadores em Jornalismo Ambiental convida a imaginar futuros possíveis

Evento acontece online, em setembro, e está com inscrições abertas

O V Encontro Nacional de Pesquisadores em Jornalismo Ambiental (ENPJA) recebe convidados nacionais e internacionais para debater as questões ambientais de nosso tempo, convocando os participantes a imaginar futuros possíveis para o jornalismo e os ambientalismos. O evento ocorre em 27 e 28 de setembro (terça e quarta-feira) de modo online.

As inscrições para ouvintes são gratuitas e podem ser realizadas diretamente no site do encontro: https://www.even3.com.br/enpja2022/

Continuar a ler


Deixe um comentário

Aprenda a cobrir as mudanças climáticas e combater a desinformação em um novo curso do Centro Knight. Registrar agora. É grátis

Todos os dias você vê histórias nos noticiários mostrando o impacto das mudanças climáticas. Mesmo assim, nem todos os jornalistas estão preparados para contá-los.

Por isso, o Centro Knight para o Jornalismo nas Américas está oferecendo o curso online multilíngue gratuito “Como Cobrir a Crise Climática – e Combater a Desinformação” , graças ao apoio da Iniciativa Google Notícias. O curso será ministrado por  John Schwartz , professor de jornalismo da Universidade do Texas em Austin, que até recentemente era redator científico do The New York Times.

Ao longo de quatro semanas, a partir de 8 de agosto de 2022, os alunos aprenderão sobre ciência climática e jornalismo climático, bem como esforços de desinformação direcionados a eles. Inscreva-se agora!

Por Teresa Mioli / Fonte


Deixe um comentário

Águas de Teresina lança terceira edição do Prêmio de Jornalismo Ambiental

As inscrições para o 3ª Prêmio de Jornalismo Ambiental da Águas de Teresina estão oficialmente abertas a partir desta segunda-feira, 01 de agosto e seguem até o dia 15 de novembro de 2022.

Os interessados deverão se inscrever, exclusivamente, por meio de um formulário disponível pelo endereço eletrônico www.premiojornalismoaguasthe.com.br que será confirmado via e-mail. A ideia é valorizar os profissionais da área de comunicação e também abordar os impactos positivos do abastecimento de água e do esgotamento sanitário para a cidade.

Continuar a ler


Deixe um comentário

Associação O Eco contrata jornalistas

O site oeco.org.br está preparando cobertura das eleições de forma especial e abriu duas vagas para jornalistas. Diz a nota da Associação O Eco, que mantém o site, que “em 2022, o Brasil passará por um dos seus mais importantes processos eleitorais da história recente”. O formulário para o interessado se candidatar está lincado aqui e deve ser enviado até 24 de julho de 2022.

Os profissionais selecionados receberão R$ 8 mil mensais por oito meses, com possibilidade de extensão. São requisitos:

  • Experiência em redação de textos jornalísticos;
  • Experiência desejável na cobertura de temas socioambientais e política ambiental;
  • Rapidez para trabalhar em ritmo de hardnews/tempo real;
  • Que seja pró-ativo(a), interessado(a) em aprender e conhecer novas áreas;
  •  Experiência com jornalismo online.

E também espera-se que os candidatos tenham:

  • Ensino superior completo;
  • Mais de quatro anos de experiência em reportagem;
  • Português impecável.

Os responsáveis pelo site jornalístico acreditam que “o Jornalismo Ambiental de ((o))eco deve exercer um importante papel de informar, denunciar e pautar o debate público relacionados a temas ambientais”.Dados os últimos movimentos e declarações autoritárias e antidemocráticas, o próprio Estado de direito brasileiro está sendo colocado em xeque. O atual contexto tem sido caracterizado pelo intenso fluxo de ações classificadas por ambientalistas e organizações da sociedade civil como desmonte, seja na própria gestão do Ministério do Meio Ambiente quanto por retrocessos legislativos no tema. Esse cenário exige uma atenção ainda maior para o debate público que se aproxima com as eleições de 2022.”


Deixe um comentário

Instituto de Energia e Meio Ambiente realiza Workshop sobre Termelétricas para jornalistas

O IEMA – Instituto de Energia e Meio Ambiente promove na quarta-feira, 29/6, um workshop sobre Termelétricas dirigido aos jornalistas via internet. O evento tem a duração de duas horas, entre 10 e 12h. Os pesquisadores do Instituto abordarão os seguintes temas: “aumento das termelétricas na matriz elétrica brasileira”, “quais as termelétricas mais emissoras de GEE – gases com efeito estufa”, e “o que podemos esperar para o futuro do país”.

As inscrições de jornalistas vinculados a veículos podem ser realizadas neste link.


Deixe um comentário

NEJ-RS promove curso de “jornalismo indígena para jornalistas não-indígenas”

O Núcleo de Ecojornalistas (NEJ-RS) vai realizar o curso virtual “Jornalismo indígena para jornalistas não-indígenas” visando facilitar uma atualização da prática de jornalistas de redações e no currículo de graduandos em Jornalismo.

O contexto é de reprodução pela imprensa tradicional de estereótipos e preconceitos, de restrição das pautas às denúncias referentes ao desmonte legal ou à violência, em vez de estender a cobertura aos demais acontecimentos, seja na terra indígena, na retomada ou no espaço onde se encontrarem os povos originários ou indígenas.

Continuar a ler