Jornalismo Ambiental no Brasil e no Mundo

Notícias e conteúdos sobre a prática do jornalismo na área de meio ambiente no Brasil e no Mundo


Deixe o seu comentário

Workshop de Jornalismo Ambiental no Rio de Janeiro terá transmissão online em 27/9

Reunindo especialistas e jornalistas da área ambiental, evento da Rede Biomar será realizado na PUC-Rio

Visando fortalecer a formação de jornalistas comprometidos com as causas ambientais, será realizado no dia 27 de setembro, na PUC-Rio, o Workshop de Jornalismo Ambiental da Rede Biomar. A rede é composta por cinco importantes projetos patrocinados pela Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental: Albatroz, Baleia Jubarte, Coral Vivo, Golfinho Rotador e Tamar. Como o trabalho de todos está relacionado à biodiversidade nos oceanos, o tema do evento será “Conservação Marinha em Pauta”.

captura-de-tela-2016-09-24-as-09-44-13Entre 13h e 19h, com transmissão ao vivo pela TV PUC-Rio, os palestrantes compartilharão informações sobre os oceanos e sua biodiversidade, assim como sobre os desafios e caminhos da comunicação ambiental no cenário atual.

A mediadora do encontro será a jornalista ambiental Paulina Chamorro.

MESA 1 – das 13h às 15h
Márcia Engel, bióloga, mestre em zoologia e coordenadora geral do Projeto Baleia Jubarte
Paulina Chamorro, jornalista ambiental – Andina Comunicação

MESA 2 – das 15h às 17h
Tatiana Neves, bióloga, mestre em oceanografia e coordenadora geral do Projeto Albatroz
Ana Lucia Azevedo, jornalista ambiental com 30 anos de carreira – O Globo


Deixe o seu comentário

Jornalismo Ambiental na Virada Sustentável de São Paulo

Colegas jornalistas estiveram reunidos no ultimo sábado (27/8/2016) para discutir a prática do Jornalismo Ambiental em tempos de virada sustentável. A foto registra o momento: Jornalismo Ambiental na Virada Sustentável!

Captura de Tela 2016-08-29 às 06.57.14Para Dal Marcondes, presidente da Rede Brasileira de Jornalismo Ambiental: O jornalismo ambiental já atingiu uma grande maturidade no Brasil. Isso graças a esforços pessoais e coletivos, para os quais a Rede Brasileira de Jornalismo Ambiental e seus membros muito contribuíram, seja nas salas de aulas, em seminários e congressos nacionais e internacionais, e no puro e simples exercício do jornalismo. Agora precisamos nos aliar a outras redes de jornalistas e buscar avançar ainda mais no direito da sociedade à informação qualificada e acessível.
É preciso estudar modelos e novas formas de financiamento ao jornalismo. Não apenas o apoio a projetos, o que vem dando certo para muitas Start Ups na área de comunicação, mas uma forma de financiar o jornalismo enquanto processos informativos que garantem fluxos de informação e são fundamentais para o suporte ao profissional de jornalismo.
O exercício do jornalismo demanda recursos financeiros e a dedicação à profissão de jornalista demanda renda.

Veja mais em:

#1o5C
http://www.oc.eco.br/umpontocinco/
— comSandro Von Matter, Maria Zulmira, Ana Carol Amaral, Dal Marcondes e Tulio Schargel.


Deixe o seu comentário

O desafio da cobertura jornalística diante do uso de agrotóxicos e da mudança climática

untitledO curso para jornalistas e estudantes é gratuito. O público interessado deve preencher um formulário para opinar sobre datas e horários

Por Débora Gallas – NEJ-RS

O Núcleo de Ecojornalistas do Rio Grande do Sul (NEJ-RS), com apoio da Fundação Luterana de Diaconia (FLD), organiza atividade gratuita voltada para jornalistas e estudantes de jornalismo, a ser realizada em Porto Alegre no segundo semestre de 2016. Através de palestras, debates, seminários e atividades de campo, o curso objetiva abordar o desafio da cobertura jornalística diante dos impactos do uso dos agrotóxicos sobre a mudança climática e a consequente vulnerabilidade das comunidades humanas. Continuar a ler


Deixe o seu comentário

Virada Sustentável traz painel sobre novas abordagens do Jornalismo Ambiental

Captura de Tela 2016-08-16 às 21.21.46No próximo dia 27, às 10h na Umapaz (pq. Ibirapuera, em São Paulo, SP), haverá um painel com  jornalistas que não se contentam em correr atrás de boas fontes; eles buscam também novas tecnologias, abordagens, narrativas e até novos modelos de negócio para o Jornalismo Ambiental – profissão que tem papel-chave para uma virada à sustentabilidade. Continuar a ler


Deixe o seu comentário

Laise Feijó: A relação do jornalismo com conflitos ambientais

Captura de Tela 2016-06-22 às 10.29.15Laise Feijó, do curso de Comunicação Social da UNISINOS, publicou matéria no site da UNICOS (Unisinos Comunicação Social) sobre o evento que debateu o papel social do Jornalismo para a democracia, considerando-o como um dos agentes no processo de comunicação de riscos e na cobertura dos conflitos ambientais. O seminário de dois dias foi promovido pelo PPGCOM/UFRGS – Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação da UFRGS nos dias 16 e 17 de junho de 2016.

Veja a matéria na íntegra, na fonte.


Deixe o seu comentário

Inscrições para Prêmio FATMA em Santa Catarina

Captura de Tela 2016-06-22 às 10.19.39Toda a regulamentação da 9a. edição do Prêmio FATMA de Jornalismo Ambiental pode ser conferida aqui. A efetivação das inscrições iniciam em 16 de outubro de 2016.

Podem ser inscritos trabalhos publicados/veiculados entre 1º de novembro de 2015 e 16 de outubro de 2016. Os materiais podem ser individuais ou coletivos e devem ser assinados por jornalistas e fotojornalistas profissionais em atividade em Santa Catarina.


Deixe o seu comentário

Últimos dias para submissão de trabalhos no 3º Prêmio Lutzenberger de Jornalismo Ambiental

Últimos dias para submissão de trabalhos no 3º Prêmio Lutzenberger de Jornalismo Ambiental

Termina no dia 30/06 o prazo para publicação de trabalhos na categoria Prêmio Brasken de Jornalismo Universitário da terceira edição do Prêmio Lutzenberger de Jornalismo Ambiental. Ela destina-se a universitários de todas as fases do curso de Graduação em Jornalismo e premiará com R$ 1.000,00 o primeiro lugar, R$ 500,00 o segundo lugar e certificado de menção honrosa para o terceiro colocado.

Os estudantes podem submeter matérias, produzidas para mídia impressa, rádio, televisão ou web, de iniciativas bem-sucedidas sobre preservação e saneamento ambiental desenvolvidas no Rio Grande do Sul em áreas como tratamento de água e dos esgotos, gestão dos recursos hídricos, das águas pluviais e dos resíduos sólidos, drenagem e tecnologias limpas, reciclagem, entre outras abordagens envolvendo empresas ou entidades.

Cada candidato pode concorrer com até três trabalhos, acompanhados de declaração do professor orientador do veículo-laboratório. Não serão aceitas matérias publicadas em veículos comerciais ou em instituições fora do âmbito universitário. As inscrições permanecerão abertas até o dia 15 de agosto de 2016 e devem ser efetuadas pelo site http://premiojornalismoambiental.com.br.