Jornalismo Ambiental no Brasil e no Mundo

Notícias e conteúdos sobre a prática do jornalismo na área de meio ambiente no Brasil e no Mundo

Revista Razon y Palabra: Importância da Comunicação e suas interfaces com os desafios ambientais

Deixe um comentário

 A Jornalista Elizabeth Oliveira coordenou a 79ª edição da revista mexicana Razon y Palavra, correspondente aos meses de maio a julho de 2012,  trazendo artigos de pesquisadores brasileiros sob o título geral Importancia de la comunicación y sus interfaces con los desafíos ambientales.  Veja abaixo a apresentação e resumos com links para os artigos. 

NÚMERO 79
MAYO 2012 – JULIO 2012
COORDINACIÓN: ELIZABETH OLIVEIRA

PRESENTACIÓN

Vinte anos depois de ter sediado a Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, mais conhecida como RIO-92, evento considerado um marco nas discussões sobre a problemática ambiental global, realizado no Rio de Janeiro, em meados de 1992, o Brasil será o anfitrião da RIO+20, na mesma cidade brasileira, em junho deste ano. É hora de fazer um balanço dos avanços e dilemas verificados nas duas últimas décadas, bem como de propor novos rumos para o desenvolvimento que, a julgar pela crise sem precedentes, com implicações nos campos socioambiental e econômico, segue em rota equivocada que compromete o futuro do planeta e a sobrevivência da humanidade. Neste momento oportuno às reflexões de toda ordem, é hora de repensar também sobre o papel da mídia e de seus profissionais, analisando erros, acertos e, ainda, as possibilidades de mudanças que permitam, cada vez mais, a construção de cidadania por meio do acesso à informação qualificada, transparente e transformadora.

Leer presentación completa


BASES DO JORNALISMO AMBIENTAL E OS DESAFIOS PARA A COBERTURA DA RIO+20
Ilza Maria Tourinho Girardi
Cláudia Herte de Moraes
Eloísa Beling Loose

O artigo mostra os avanços e desafios da cobertura jornalística de eventos políticos ambientais, tendo em vista a proximidade da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), que ocorre em junho de 2012, na cidade do Rio de Janeiro, Brasil. Buscamos fazer uma reflexão sobre o papel do Jornalismo Ambiental hoje, levando-se em conta pesquisas realizadas a partir do trabalho da mídia na cobertura de grandes conferências relacionadas ao meio ambiente.


LA OLA DE CALOR DE 2003 EN ESPAÑA, ENTRE LA REALIDAD BIOFÍSICA Y EL RECONOCIMIENTO MEDIÁTICO
Rogelio Fernández Reyes

La globalización mediática permite que los medios de comunicación cubran los desastres naturales del planeta con mayor cobertura y eficacia. En la actualidad, numerosos episodios son relacionados con el cambio climático. Sin embargo, mientras ocurría la ola de calor de agosto de 2003 en España apenas hubo voces que lo vincularan. Hay científicos que defienden que no se puede afirmar que la ola de calor de 2003 fue producida por el cambio climático. Igualmente, existen investigaciones y referencias que sí consideran que es un indicio, con muchas probabilidades, de estar vinculado a tendencias o predicciones del cambio climático.


MÍDIA, SOCIEDADE DE RISCOS E OS DESAFIOS DOS RESÍDUOS ELETROELETRÔNICOS NO BRASIL
Maria Daniela de Araújo Vianna

Este artigo visa discutir o papel social da mídia frente aos desafios da crise ambiental sem precedentes que atinge a sociedade contemporânea, por meio de um debate conceitual sobre a cobertura jornalística envolvendo a temática do gerenciamento dos resíduos eletroeletrônicos no cenário brasileiro. Frente aos atuais padrões de produção e consumo, o descarte inadequado de equipamentos como celulares, televisores e computadores aumenta os riscos ambientais e à saúde pública, já que tais aparelhos possuem, em sua composição, metais pesados e substâncias tóxicas.


COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E SUSTENTABILIDADE: ESTUDO DE CASO DO RELATÓRIO 2010 DA BRITISH PETROLEUM
Luiz Antônio Gaulia
Leonel Azevedo de Aguiar

A sustentabilidade é um conceito complexo, ainda repleto de dúvidas, que vai demandar necessariamente num maior diálogo entre diferentes atores sociais para sua construção. Nessa perspectiva, o presente artigo busca ampliar as reflexões sobre os comunicadores para a sociedade sustentável, considerando características e habilidades para aplicação de conceitos relacionados à sustentabilidade e sobre como a comunicação deveria refletir no discurso empresarial. Este estudo foi realizado a partir da análise de relatório de uma empresa global de petróleo e gás, descrevendo sua “gestão sustentável” após um acidente ambiental ocorrido em 2010.


COMUNICAÇÃO E SUSTENTABILIDADE: APROXIMAÇÕES E RUPTURAS
Wilson da Costa Bueno

O discurso da sustentabilidade contamina o universo da política e dos negócios, legitimando posturas e ações com o objetivo de gerar imagem positiva para organizações e governos. Este texto contempla o conceito de sustentabilidade, rediscute a racionalidade e o saber ambiental, para propor ações que efetivamente operacionalizem uma comunicação da sustentabilidade fundada no pluralismo e no respeito às identidades e competências.


ANÁLISE DE DISCURSOS ESPECIALIZADOS EM MEIO AMBIENTE: COMO O JORNALISMO AMBIENTAL PODE CONTRIBUIR PARA UM NOVO OLHAR
Eloisa Beling Loose

Este trabalho realiza uma reflexão do papel do Jornalismo Ambiental a partir dos sentidos e das estratégias dos discursos jornalísticos encontrados em quatro revistas brasileiras especializadas em meio ambiente (‘Terra da Gente’, ‘Mãe Terra’, ‘Sustenta!’ e ‘Aquecimento Global’), que circulavam durante o ano de 2008. Partindo de uma investigação de como a noção de meio ambiente é construída em revistas focadas para os assuntos ambientais, busca-se verificar as diferentes perspectivas ambientais encontradas nestas revistas e realizar uma análise de como os jornalistas interessados e comprometidos com a questão podem auxiliar no entendimento e na ação do público em prol da sustentabilidade da vida no planeta.


LIFE EVENTS AS WINDOWS OF OPPORTUNITY FOR SUSTAINABLE CONSUMPTION AS ILLUSTRATED BY AN EXHIBITION AND A NUTRITION CAMPAIGN.
Lisbeth Oliveira

The goal of this paper is to present two “windows of opportunity” for sustainable consumption. The first example focuses on two sections of the traveling exhibitions “Klima verbündet” in Austria and the second example deals with the health campaign “Besser essen. Mehr Bewegen” in Germany. Both examples can be viewed as different communication strategies to make children sensitive to healthy and sustainable nutrition. This paper is based on theories of health communication, sustainability communication, social marketing, visual communication and the entertainment-education approach. It advances the view that life events are windows of opportunity for behavioural changes that involve sustainable consumption and a healthy lifestyle.


O LUGAR DAS REVISTAS BRASILEIRAS NO DISCURSO SOBRE O VERDE
Reges Schwaab

Neste artigo, debatemos a inscrição de um conjunto de revistas da Editora Abril, maior grupo do segmento no Brasil, no discurso do verde. Consideramos uma amostra de títulos com meio ambiente como tema de capa, filiados ao projeto Planeta Sustentável, criado pela Abril em 2007. O gesto de leitura é tecido na relação entre lugar social e lugar discursivo, tensionando os esforços das revistas em dar a ver um lugar de “saber dizer” o ambiental. O lugar discursivo do verde nas revistas está em estreita relação com a imagem do lugar social do Jornalismo, na exploração de seu contrato de enunciador competente, qualificado por valorações como confiabilidade, espírito de descoberta, capacidade de avaliação e análise, qualidade de observação e relato, bem como de agente do diálogo próximo e aberto. Na proposição de uma ecologia contemporânea, o verde é passado em revista, posto para funcionar no tempo presente.


O SILÊNCIO DOS AFOGADOS. O DESAPARECIMENTO DA POPULAÇÃO RIBEIRINHA NO NOTICIÁRIO SOBRE A CONSTRUÇÃO DA HIDRELÉTRICA DE GARABI
Carlos Dominguez

Este artigo trata da produção de conteúdo jornalístico sobre um acontecimento específico na área de jornalismo ambiental, onde se analisa a produção de sentido destes textos, verificados em suas versões on-line de circulação em diferentes meios (locais, regionais, estaduais e nacionais), de forma a traçar um panorama da circulação do discurso ambiental dentro de representativo setor da mídia impressa brasileira e argentina. Esta análise faz parte de uma reflexão maior sobre o tema que vem sendo trabalhado no PPGCOM da UFRGS pelo autor.


DA REDE À RUA: A REAÇÃO CONTRA O CÓDIGO FLORESTAL NAS REDES SOCIAIS E A COBERTURA DA MÍDIA
Ana Carollina Campos Leitão

Tendo como foco o Código Florestal e as manifestações contrárias nas redes sociais, o presente artigo tem como objetivo investigar de que forma a mídia tradicional tem coberto o tema. Por meio da análise de notícias veiculadas nos meios online de veículos de massa, observou-se que apesar de os protestos com origem nas redes sociais ganharem maior visibilidade a partir de ações no mundo “real”, tem sido cada vez mais comum o uso das redes sociais na rotina de apuração da imprensa brasileira.


A IMPORTÂNCIA DO JORNALISMO DE QUALIDADE NA REDUÇÃO DE RISCOS E DESASTRES
Juliana Frandalozo Alves dos Santos

A qualidade no jornalismo pode ser determinada por vários aspectos. Um deles, a responsabilidade social, é também um dos aspectos discutidos no conceito de jornalismo cívico – ou público – (Rosen, 1994) (Merritt, 1997), que, no sentido geral, propõe um envolvimento maior da imprensa com a sociedade, buscando solucionar problemas locais. Este artigo é uma revisão bibliográfica que analisa critérios de qualidade do jornalismo e o conceito de jornalismo cívico como forma de discutir o papel do jornalismo na redução de risco e desastre. Os resultados mostram que o jornalismo cívico contribui para ampliar o sentido jornalístico de responsabilidade social, elemento norteador da qualidade jornalística, e fundamental para a redução de risco e desastre.


EM NOME DO BEM COMUM: A COMUNICAÇÃO COMO MEIO PARA AMPLIAR E VALORIZAR AÇÕES DE CONSCIENTIZAÇÃO SOCIOAMBIENTAL 
Antonio Carlos Teixeira

Este artigo se inspira em pensamentos e argumentos de profissionais e formadores de opinião das áreas de comunicação, ética, sustentabilidade e economia, como o teólogo brasileiro Leonardo Boff, o jornalista brasileiro André Trigueiro, o economista bengali Muhammad Yunus e o empresário estoniano Rainer Nõlvak, bem como em pesquisas relacionadas à percepção do consumidor e em exemplos bem-sucedidos de como a informação pode transformar o comportamento humano e estimular boas práticas ambientais. O objetivo deste texto é mostrar a importância da comunicação para sensibilizar a sociedade sobre questões que são essenciais à proteção dos recursos naturais e, consequentemente, ao bem-estar-humano.


APRENDIZADO PARA A SUSTENTABILIDADE
Vilmar Sidnei Demamam Berna

Nossa espécie tem a capacidade de adequar sua visão de mundo até que faça sentido com seus interesses e valores. A realidade é o que é, mas também inclui o que achamos e convencionamos que passará a ser, por que parte dela é matéria e parte é feita dos nossos sonhos, utopias, ideias que dão sentido à existência.
Nossos atos, comportamento, moral, ética são determinados por essas visões da realidade e, estas, são influenciadas pelas informações e pelos valores que recebemos. A informação histórica, por exemplo, nos dá possibilidade de conhecer nossas raízes e herança, as origens das ideias que definem e dão sentido ao mundo como o conhecemos hoje e como isso influência em nossas atitudes e escolhas. Até para que compreendamos que são ideias aprendidas e que elas mudam à medida que mudamos nossas escolhas.

 

Link para a Revista:

http://www.razonypalabra.org.mx/

Advertisements

Autor: Redação

Jornalista, Porto Alegre, RS Brasil.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s