Jornalismo Ambiental no Brasil e no Mundo

Notícias e conteúdos sobre a prática do jornalismo na área de meio ambiente no Brasil e no Mundo

Silvia Marcuzzo relata palestras do II Encontro de Pesquisadores em Jornalismo Ambiental

Deixe um comentário

Mudança climática mobiliza universidade a trabalhar de forma transversal

por Silvia Franz Marcuzzo

Os efeitos das mudanças climáticas são tão visíveis na Flórida, Estados Unidos, que a busca de soluções envolve também faculdades de comunicação. O problema tem unido, inclusive, no âmbito local, republicanos e democratas. O professor e pesquisador da School of Journalism and Mass Communication da Florida International University Raul Reis conta que a universidade decidiu encampar o tema da mudança climática, devido principalmente a subida do nível do mar, como uma questão transdisciplinar.

Durante o II Encontro Nacional de Pesquisadores em Jornalismo Ambiental, realizado nos últimos dias do mês de maio, em Porto Alegre, Reis revelou que a FIU, sétima maior universidade norte-americana, está empenhada em “envolver os alunos o máximo possível na área ambiental”. 

A instituição está desenvolvendo um projeto de monitoramento do nível da água em que a comunidade acadêmica está trabalhando na criação de um aplicativo e um website que abordarão a situação do aumento do nível do mar. Lá nos Estados Unidos as demandas da sociedade tem um reflexo direto na universidade. “É uma pressão positiva. Minha escola tem muitas parcerias com empresas e com organizações não governamentais onde os alunos estão trabalhando em soluções para problemas da vida real”.

O jornalista paraense, cuja experiência profissional foi marcada pelos tempos em que o jornal Gazeta Mercantil se dedicava com profundidade à temática ambiental, acrescenta que foi formado um grupo de trabalho que está interagindo com a sociedade para acompanhar de diversas formas o nível das águas.

“A nossa escola está responsável pela parte de comunicação da Ciência, comunicação dos problemas ambientais e também na formação dos alunos para que se prepararem para enfrentar uma questão complexa como é a questão ambiental,” comenta, explicando que a cidade de Miami Beach é uma longa ilha de barreira, como é Manhattan, em Nova Iorque, que protege a costa. O professor salienta que a região já está sofrendo enchentes, pois dispõe de um solo poroso, onde a água também vem por baixo. Com a maré subindo, metade da ilha já sofre com a invasão da água. “É uma coisa que está transcendendo até partido político, está unindo republicanos e democratas principalmente no nível local, não tanto no nacional”, observa.

“Estão vendo que é um problema que vai afetar o bolso das pessoas,” alerta Reis. Ele informa que na sua escola duas professoras estão fazendo uma série de documentários sobre o aumento do nível do mar. Um dos trabalhos aborda o quanto a situação influencia o valor do seguro dos imóveis, que ficarão cada vez mais caros diante desse cenário. A sua faculdade, inclusive, já produziu um documentário sobre a elevação do nível do mar no sul dos Estados Unidos que foi veiculado para todo país.

Já no Brasil, o envolvimento da academia ligada à comunicação às demandas sociais tem um caminho a ser trilhado. O professor de jornalismo da Universidade Federal de Santa Maria Reges Shwaab afirma que por aqui, as instituições interagem com a comunidade através da extensão. Só que esses projetos são menos valorizados pela comunidade acadêmica, em comparação aos projetos de pesquisa. “Na visão de alguns professores, a pesquisa tem um peso maior, mais importante do que cumprir esse papel com relação a comunidade,” analisa. Para o pesquisador, que é doutor em Comunicação e Informação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, a universidade deveria ter um maior envolvimento com o seu contexto. Na sua opinião, sem esse contato, a universidade deixa de atender a inserção da comunidade e a própria visão do trabalho que está desenvolvendo fica prejudicada.

As conferências dos professores serão disponibilizadas em breve no site do evento: http://jornalismoemeioambiente.com/.


Silvia Franz Marcuzzo
Jornalista

51. 9341 62 13
Skype: simarcuzzo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s