Jornalismo Ambiental no Brasil e no Mundo

Notícias e conteúdos sobre a prática do jornalismo na área de meio ambiente no Brasil e no Mundo


Deixe um comentário

Eloise Beling Loose recebe prêmio da CAPES pela melhor Tese em 2017 na área de Ciências Ambientais discutindo a qualidade da cobertura jornalística das mudanças climáticas

Captura de Tela 2017-10-14 às 18.55.20
 A Edição 2017 do Prêmio Capes de Tese anunciou como vencedor da área de Ciências Ambientais o trabalho “Riscos climáticos no circuito da notícia local: Comunicação e Governança”, da pesquisadora Eloisa Beling Loose. A tese foi defendida em 2016 no Programa de Pós-graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento da UFPR (Made).
Eloise possui graduação em Comunicação Social – habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Maria (2007), mestrado em Comunicação e Informação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2010) e doutorado em Meio Ambiente e Desenvolvimento pela Universidade Federal do Paraná (2016).
Durante a pesquisa, Loose acompanhou a produção de pautas sobre Meio Ambiente em um dos principais jornais paranaenses. Segundo a pesquisadora, que também é jornalista, o estudo verificou que o enfoque da cobertura privilegia as grandes catástrofes e os efeitos globais das mudanças climáticas, especialmente os materiais prontos produzidos em agências de notícias internacionais. Continuar a ler
Anúncios


Deixe um comentário

Laise Feijó: A relação do jornalismo com conflitos ambientais

Captura de Tela 2016-06-22 às 10.29.15Laise Feijó, do curso de Comunicação Social da UNISINOS, publicou matéria no site da UNICOS (Unisinos Comunicação Social) sobre o evento que debateu o papel social do Jornalismo para a democracia, considerando-o como um dos agentes no processo de comunicação de riscos e na cobertura dos conflitos ambientais. O seminário de dois dias foi promovido pelo PPGCOM/UFRGS – Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação da UFRGS nos dias 16 e 17 de junho de 2016.

Veja a matéria na íntegra, na fonte.


Deixe um comentário

Artigo: Informação ambiental: você pagaria para ver/ouvir/ler?

Juan Piva publica artigo na Envolverde sobre o apoio necessário para o jornalismo e a eduçação ambiental. Veja o artigo na íntegra:

O jornalismo Ambiental e a Educação Ambiental formam uma dupla fundamental para a percepção da sociedade sobre as principais demandas de transformação impostas pelos limites da natureza, são duas áreas que precisam de apoio.

por Juan Piva*

A década de 1970 colocou o Meio Ambiente na pauta de conferencistas, governantes, movimentos sociais, empresários e jornalistas. Até então, imaginava-se que os recursos naturais eram inesgotáveis; a palavra “crise” era associada apenas à economia, e maluco seria quem dissesse que o país com 12% da reserva de água doce do planeta passaria, um dia, por uma escassez hídrica em seu estado mais populoso. Entretanto, a sociedade tem se conscientizado e, hoje, defender as causas ambientais não é mais coisa de “ecochato”, tornou-se responsabilidade de todos, muito graças ao Jornalismo Ambiental – mesmo com sua trajetória ainda em construção. Continuar a ler


Deixe um comentário

Artigo de Dal Marcondes: “A sociedade precisa de jornalismo independente e é preciso pagar por isso”

A causa do jornalismo ou o jornalismo de causa

Captura de Tela 2016-04-28 às 23.32.23O jornalismo deixou de ser um elemento de apoio para causas, para tornar-se ele mesmo uma causa. A sociedade precisa de jornalismo independente e é preciso pagar por isso.

Por Dal Marcondes, da Envolverde*

A crise do modelo de financiamento do jornalismo não tem nenhuma relação mais expressiva com a crise política e econômica que se instalou no Brasil a partir de 2013. É uma crise de modelo de negócio e tem mais a ver com algoritmos do que com competência das mídias ou qualidade do jornalismo oferecido à sociedade. O modelo de financiamento ao jornalismo segue no Brasil um padrão quase universal, anunciantes que precisam dar publicidade a seus produtos buscam empresas jornalísticas e compram espaços em suas páginas. E assim foi por muito tempo. Continuar a ler


1 Comentário

2/6 – A História do Jornalismo Ambiental no Rio Grande do Sul

11301597_1258630350863723_579155487_nO NEJ/RS – Núcleo de Ecojornalistas do RS realizará a Terça Ecológica de 2/6 para apresentar ‘A História do Jornalismo Ambiental no Rio Grande do Sul’, em um painel. Serão palestrantes o Jornalista Juarez Tosi, Coordenador-geral da entidade, o Jornalista Mestre Roberto Villar Belmonte, Professor da UNIRITTER, e a Jornalista Doutora Ilza Girardi, Professora da FABICO/UFRGS.

A atividade se trata de um pré-evento do 10o. Encontro Nacional de História da Mídia, promovido pela ALCAR – Associação Brasileira de Pesquisadores de História da Mídia. O encontro ocorrerá de 2 a 6 de junho na UFRGS.

Serviço:

– Terça Ecológica: ‘A História do Jornalismo Ambiental no Rio Grande do Sul’.

Data: 2 de junho de 2015, 19h

Local: sala 200 do Anexo I do Campus Saúde, prédio vizinho à Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da UFRGS, Fabico, na Rua Ramiro Barcelos, 2705, Porto Alegre.

– Informações: ufrgs.br/alcar2015 e www.ecoagencia.com.br


1 Comentário

Divulgados os Anais do II Encontro Nacional de Pesquisadores em Jornalismo Ambiental

capa_3_enpja

Os professores Reges Schwaab e Eloisa Loose apresentam os anais do II Encontro Nacional de Pesquisadores em Jornalismo Ambiental:

Duas décadas depois da Eco-92, o tema do desenvolvimento sustentável segue em pauta na imprensa, na mídia e na política, tendo agregado novas pesquisas, descobertas, temas e desafios. Apesar disso, a necessidade de melhor orientar as interações entre a natureza e a sociedade em direção a um futuro mais sustentável é cada vez mais urgente. A Conferência Rio+20, em 2012, definiu como compromisso elaborar Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) para enfrentar este desafio. A comunicação, e especialmente o jornalismo, têm um papel relevante a desempenhar, na medida em que contribuem para a popularização do debate, bem como para a formação da opinião pública acerca das importantes decisões que precisam ser tomadas coletivamente.

Assim, o objetivo deste II ENPJA foi realizar um balanço das pesquisas do Jornalismo e da Comunicação, bem como da cobertura da imprensa brasileira sobre este tema, e discutir o papel que o Jornalismo e a Comunicação desempenham na transição para um mundo mais sustentável.

Convidamos os pesquisadores a enviar submissões que analisem todos os aspectos de comunicação relacionados à sustentabilidade, com particular interesse em estudos de Jornalismo, educomunicação e comunicação socioambiental. Encorajamos contribuições de grupos de pesquisa, doutorandos, mestrandos e jovens pesquisadores, aqui disponibilizadas em livre acesso. Nossos sinceros agradecimentos aos integrantes do Conselho Científico, pareceristas e demais envolvidos em todos os processos de organização do evento, a seguir nomeados.

O próximo evento será realizado em 2015, estão todos convidados.
Boa leitura.

Reges Schwaab e Eloisa Loose
pela edição dos Anais do Encontro

Acesse as íntegras pelo endereço http://enpja.com.br/


1 Comentário

Artigo sobre ‘Jornalismo ambiental: um discurso sobre risco e limite’ apresentado em Santa Cruz do Sul

Durante o 12o. Encontro Nacional de Pesquisadores em Jornalismo, realizado em Santa Cruz do Sul, no Rio Grande do Sul, neste mês de novembro, Roberto Villar Belmonte, Débora Gallas Steigleder e Sarah Bueno Motter apresentaram o texto ‘Jornalismo ambiental: um discurso sobre risco e limite’.

O artigo apresentado discorre sobre diferenças entre o ‘jornalismo sobre meio ambiente’ e o  ‘jornalismo ambiental’. Argumentam os autores que no ‘jornalismo ambiental’, ‘risco e limite juntos dão sentido a um discurso jornalístico que clama por mais cuidado, defendendo uma sociedade economicamente viável, ecologicamente possível e socialmente justa’.

Leiam a íntegra