Jornalismo Ambiental no Brasil e no Mundo

Notícias e conteúdos sobre a prática do jornalismo na área de meio ambiente no Brasil e no Mundo


Deixe um comentário

V Workshop de Comunicação Ambiental da Rede Biomar será realizado em São Paulo

Em sua quinta edição, evento fará parte da programação do Congresso Brasileiro de Jornalismo Ambiental, no dia 10 de agosto, na Unibes Cultural, no bairro Sumaré.

Com objetivo de estimular a divulgação da temática ambiental marinha nas pautas diárias da imprensa e redes sociais, o V Workshop de Comunicação da Rede Biomar oferecerá palestras com profissionais experientes e engajados em estudos de comunicação e meio ambiente dos projetos Albatroz, Baleia Jubarte e Golfinho Rotador, além de representantes da National Geographic e das mídias digitais do G1. O encontro tem o apoio da Rede Brasileira de Jornalismo Ambiental e Instituto Envolverde e acontecerá no dia 10 de agosto, a partir das 10 horas, durante o Congresso Brasileiro de Jornalismo Ambiental (CBJA 2019), na Unibes Cultural, em São Paulo. Para participar do V Workshop é necessário se inscrever em cbja.com.br. A entrada é gratuita, as vagas são limitadas, distribuídas por ordem de chegada e materiais promocionais exclusivos da Rede Biomar serão oferecidos aos presentes. Continuar a ler


Deixe um comentário

‘Eco-reportagem em multiplataforma’ será o tema da jornalista Lara Ely

ab0edb08-166d-461f-99d7-14bf7738bcd8A jornalista Lara Ely estará nesta sexta, 15/2/2019, participando da roda de conversa sobre “Eco-reportagem em multiplataforma“. Será às 18h30min no Galpão do Plátano – rua Gen. João Manuel, 627, no Centro Histórico de Porto Alegre.

A Lara que também é idealizadora do @ecohistorias irá relatar sobre sua experiência em empreender no jornalismo e sustentabilidade. De lambuja, ainda poderão ser conferidos os bastidores da série documental “Sementes do Amanhã”, que trata sobre as sementes nativas que correm o risco de extinção aqui no Brasil, em que a Lara é autora trabalhando com uma grande equipe.

O Galpão do Plátano localiza-se na escadaria existente entre a rua Gen. João Manuel e a rua Fernando Machado.

O que: Roda de conversa: Eco-jornalismo em multiplataforma com Lara Ely
Data: 15 de fevereiro, sexta-feira
Horário: 18h30min
Local: Galpão do Plátano, Rua João Manoel, 627, junto à Feira Ecológica e Colonial
Valor: contribuição espontânea
Organização: Organifica
Colaboração: Ecohistórias
Apoio: Organicidade | Galpão do Plátano


Deixe um comentário

Divulgada a programação do Encontro de Pesquisadores em Jornalismo Ambiental

O IV Encontro Nacional de Pesquisadores em Jornalismo Ambiental (ENPJA) recebe convidados nacionais e internacionais para debater a função social do jornalismo diante das problemáticas ambientais mais prevalentes da atualidade, com destaque para as mudanças climáticas. Continuar a ler


Deixe um comentário

Liana John estará no IV Encontro Nacional de Pesquisadores em Jornalismo Ambiental

Captura de Tela 2018-09-18 às 22.11.12Liana John é conhecida jornalista brasileira e fotógrafa. Há 40 anos faz reportagens, escreve e edita publicações, principalmente sobre meio ambiente, mudanças climáticas e sustentabilidade. Desde 2010 ministra aulas de Comunicação e Meio Ambiente no Mestrado Profissional em Conservação da Biodiversidade e Desenvolvimento Sustentável, na Escola Superior de Conservação Ambiental e Sustentabilidade do Instituto de Pesquisas Ecológicas, IPÊ.

Jornalista profissional desde 1977 e jornalista ambiental desde 1983. Liana John edita a revista Ciência Pantanal, escreve no site Conexão Planeta e foi blogueira no portal Planeta Sustentável (2010 a 2015. Também foi colaboradora do site e da revista National Geographic Brasil (2010 a 2015) e participou ativamente do evento Agrisustenta, realizado pela Editora Abril na ESALQ/USP e resumido no livro eletrônico Agrisustenta 2014, a Revolução tropical no Campo.

É sócia e editora executiva da Camirim Editorial e coautora dos livros Food and Wisdom: sustaining our future by harvesting biodiversity (2013); O Valor da Água (2011) e Jaguar, o rei das Américas (2010), além das cartilhas de educação ambiental Dê passagem para a Vida (2014), Tem Tatu na Toca (2014) e Minha Amiga é uma Anta (2011).


Deixe um comentário

Núcleo de Ecojornalistas do Rio Grande do Sul realiza curso para jornalistas sobre mudanças climáticas

Captura de Tela 2017-08-09 às 18.17.10.jpegAtividade conta com o apoio da Fundação Luterana de Diaconia e da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da UFRGS, em Porto Alegre, no Brasil.

Texto de Debora Gallas publicado na EcoAgência de Notícias (ecoagencia.com.br) informa que  no dia 26 de agosto, das 9h às 17h, na FABICO, vai ocorrer o curso  A interdisciplinaridade da mudança climática e os desafios das questões ambientais. Voltada para jornalistas e estudantes de jornalismo, a atividade é gratuita e prevê a entrega de certificados aos participantes. Palestras com especialistas e rodas de conversa sobre o tema ocuparão os dois turnos de trabalho. A programação completa será divulgada em breve. As inscrições podem ser realizadas por este formulário.

A atividade é proporcionada pelo NEJ – Núcleo de Ecojornalistas do RS.

O curso faz parte das atividades aprovadas no Edital 2016 do Programa de Pequenos Projetos da Fundação Luterana de Diaconia. Através desta parceria, o NEJ realizou, no segundo semestre do ano passado, um curso de quatro módulos sobre jornalismo ambiental e os impactos dos agrotóxicos nos ecossistemas.

 


Deixe um comentário

Curso para identificar notícias falsas

Captura de Tela 2017-05-04 às 22.07.12O curso  Fact-checking: a ferramenta para combater notícias falsas está sendo organizado pela  Associação Nacional dos Jornais (ANJ) e pelo Centro Knight para o Jornalismo nas Américas da Universidade do Texas em Austin, graças ao apoio do Google News Lab.

É  um curso gratuito e aberto, qualquer interessado em checagem de discurso público pode participar. Neste curso você vai aprender sobre as técnicas e metodologias por trás do fact-checking, acompanhará os bastidores de alguns dos trabalhos de maior repercussão da agência Lupa e verá, por meio de exercícios práticos, que qualquer um pode (e deve) ser um checador.

O curso será ministrado por Cristina Tardáguila tem 37 anos,  fundadora e diretora da Agência Lupa. Nasceu em Belo Horizonte e cresceu no Rio de Janeiro. É graduada em Jornalismo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), pós-graduada – também em Jornalismo – pela Universidad Rey Juan Carlos, em Madrid, na Espanha e, ainda em 2017, termina um MBA em Marketing Digital pela Fundação Getulio Vargas. Desde novembro de 2015, Cristina dirige a Agência Lupa, a primeira agência de fact-checking do Brasil. Em seu currículo como repórter e editora, acumula passagens pelos jornais O Globo (RJ) e Folha de S.Paulo (SP), além da revista piauí. É autora do livro “A arte do descaso” (Intrínseca), que conta a história do principal roubo de arte do Brasil.


Deixe um comentário

Núcleo de Ecojornalistas do RS reinicia debates para esclarecimento de profissionais e comunidade

captura-de-tela-2017-03-01-as-14-10-29O NEJ-RS – Nucleo de Ecojornalistas do Rio Grande do Sul reiniciou em fevereiro os debates públicos chamados de Terças Ecológicas, realizados normalmente em espaço da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da UFRGS – Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

O tema tratado em 10 de fevereiro foi o desmonte dos órgãos ambientais do Rio Grande do Sul levado a cabo pelo governo estadual local. A atividade contou com o apoio da Fundação Luterana de Diaconia (FLD) – veja matéria completa divulgada na EcoAgência de Notícias, outra iniciativa mantida pelo do NEJ-RS.

A entidade dos ecojornalistas gaúchos promove há anos as Terças Ecológicas com o intuito de levar a estudantes e profissionais do jornalismo a oportunidade de debater com especialistas das mais diversas áreas do conhecimento as prementes questões ecológicas.