Jornalismo Ambiental no Brasil e no Mundo

Notícias e conteúdos sobre a prática do jornalismo na área de meio ambiente no Brasil e no Mundo


Deixe um comentário

Divulgada a programação do Encontro de Pesquisadores em Jornalismo Ambiental

O IV Encontro Nacional de Pesquisadores em Jornalismo Ambiental (ENPJA) recebe convidados nacionais e internacionais para debater a função social do jornalismo diante das problemáticas ambientais mais prevalentes da atualidade, com destaque para as mudanças climáticas. Continuar a ler

Anúncios


Deixe um comentário

Portugal: nomes importantes do jornalismo ambiental em Guimarães

Alguns dos mais importantes jornalistas ambientais portugueses e estrangeiros estarão em Guimarães, cidade situada ao norte de Portugal, no próximo dia 23 de março para discutir a importância da comunicação social na mudança de paradigma da sociedade. Inserida no Ciclo de Conferências Guimarães mais Verde, o Município de Guimarães e o Laboratório da Paisagem organizam a Conferência Internacional “Os Media e a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável”.

Geoffrey Lean, o primeiro jornalista ambiental do mundo, que já ganhou o British Press Awards, prémio britânico equivalente aos Pulitzers, e Richard Weyndling, da Environmental News Daily Service, serão os dois oradores internacionais convidados, que darão a conhecer a sua vasta experiência. A estes somam-se os nomes de Sérgio Figueiredo, diretor de informação da TVI, Lavinia Leal (RTP), Elsa Alves (Lusa), Arminda Deusdado (Farol de Ideias – Biosfera), Tiago Mendes Dias (Público), Eliseu Sampaio (Mais Guimarães), Joaquim Fernandes (Rádio Santiago) e Sónia Monteiro (Rádio Fundação), que farão parte de um painel alargado que debaterá “Como comunicar a Sustentabilidade? O poder dos Media”.

Continuar a ler


Deixe um comentário

Sociedade dos Jornalistas de Meio Ambiente dos Estados Unidos anuncia os vencedores dos prêmios 2016/2017

Captura de Tela 2017-08-22 às 06.46.33A Sociedade de Jornalistas Ambientais, com sede em Washington, DC, revelou os  vencedores dos Prêmios 2016-2017 para Reportagens sobre Meio Ambiente, concurso de jornalismo da SEJ que é o maior e mais abrangente prêmio do mundo para o jornalismo sobre temas ambientais.

Houve quase 400 trabalhos concorrendo, alguns dos quais tratando de contaminação tóxica por produtos comercializados no mercado.

A SEJ vai homenagear os vencedores deste ano em 06 de outubro de 2017 em um almoço de comemoração no Wyndham Grand Pittsburgh Downtown em Pittsburgh, Pensilvânia, em conjunto com a Conferência Anual 27 de SEJ.


Deixe um comentário

Núcleo de Ecojornalistas do Rio Grande do Sul realiza curso para jornalistas sobre mudanças climáticas

Captura de Tela 2017-08-09 às 18.17.10.jpegAtividade conta com o apoio da Fundação Luterana de Diaconia e da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da UFRGS, em Porto Alegre, no Brasil.

Texto de Debora Gallas publicado na EcoAgência de Notícias (ecoagencia.com.br) informa que  no dia 26 de agosto, das 9h às 17h, na FABICO, vai ocorrer o curso  A interdisciplinaridade da mudança climática e os desafios das questões ambientais. Voltada para jornalistas e estudantes de jornalismo, a atividade é gratuita e prevê a entrega de certificados aos participantes. Palestras com especialistas e rodas de conversa sobre o tema ocuparão os dois turnos de trabalho. A programação completa será divulgada em breve. As inscrições podem ser realizadas por este formulário.

A atividade é proporcionada pelo NEJ – Núcleo de Ecojornalistas do RS.

O curso faz parte das atividades aprovadas no Edital 2016 do Programa de Pequenos Projetos da Fundação Luterana de Diaconia. Através desta parceria, o NEJ realizou, no segundo semestre do ano passado, um curso de quatro módulos sobre jornalismo ambiental e os impactos dos agrotóxicos nos ecossistemas.

 


Deixe um comentário

Aberto prazo de inscrições para bolsas para produção de reportagens sobre ameaças à biodiversidade

captura-de-tela-2017-01-25-as-09-13-24A Earth Journalism Network (EJN), um fundo para a promoção e o desenvolvimento do jornalismo ambiental, oferece bolsas para a produção de reportagens sobre ameaças à biodiversidade global ou sobre novas soluções para a conservação ambiental. As propostas de pauta devem ser inscritas até 17.fev.2017.

As bolsas vão de US$ 1 mil a US$ 2 mil e variam de acordo com as pautas e os métodos de cobertura. Há flexibilidade no orçamento para propostas que requeiram investigação ou que usem propostas inovadoras de storytelling. Assuntos que já são bem difundidos e que tenham ampla cobertura na imprensa ou que não promovam novos ângulos de observação têm menos chances de serem selecionados.

Podem inscrever propostas jornalistas (on-line, impresso e televisão) e outros profissionais da mídia que tenham um histórico na produção de reportagens na área de jornalismo ambiental. Freelancers e profissionais de todos os tipos de veículos de mídia (grandes ou pequenos) são encorajados a se inscreverem.

As reportagens produzidas podem ser publicadas no veículo de origem de jornalista e também publicadas e distribuídas pela EJN.

As propostas de pauta devem ser enviadas com um orçamento detalhado dos gastos previstos para a produção da reportagem, que deve seguir este molde.

As inscrições devem ser feitas através do formulário on-line, no site da EJN.


Deixe um comentário

Curso na UFRGS: como jornalistas podem transformar o jornalismo?

11Jornalistas ambientais compartilharam com participantes do curso do NEJ-RS os resultados de suas análises de coberturas da imprensa e sua experiência profissional

  • Por Eliege Fante – especial para a EcoAgência

O segundo módulo teórico do curso “O desafio da cobertura jornalística diante do uso de agrotóxicos e da mudança climática”, aconteceu no último sábado (15/10) com a análise crítica e discussão de coberturas jornalísticas.

Continuar a ler


2 comentários

Aberto o VI Congresso Brasileiro de Jornalistas Ambientais, em São Paulo

Com a fala do Jornalista Adalberto Marcondes, do Instituto Envolverde, foram abertos oficialmente os trabalhos do VI Congresso Brasileiro de Jornalismo Ambiental, no auditório da Vila Mariana, em São Paulo capital. Também fizeram uso da palavra a Secretária Estadual do Meio Ambiente de São Paulo, Patrícia Iglesias, o Vereador em São Paulo, Ricardo Young, e o diretor estadual do SESC.  As Jornalistas Maristela Crispim, Ana Carolina Amaral, Patrícia Chamarro e Sucena Shkrada Resk foram chamados ao palco e relataram suas experiências em jornalismo ambiental em diferentes regiões do país.

Nesta quarta-feira, os trabalhos serão reabertos às 10h com a participação do Jornalista português Ricardo Garcia, do jornal ‘Público’ que palestrará aos presentes. Dentre o público, mais de 200 pesssoas presentes ao Congresso.