Jornalismo Ambiental no Brasil e no Mundo

Notícias e conteúdos sobre a prática do jornalismo na área de meio ambiente no Brasil e no Mundo


Deixe um comentário

Revista ECO21 lança financiamento coletivo

Captura de Tela 2019-05-09 às 21.26.58A Revista ECO21 abriu a possibilidade de receber ajuda via financiamento coletivo sediado no Catarse. 

A revista foi criada em 1990 para ampliar o conhecimento sobre temas ambientais no Brasil e no Rio de Janeiro em especial. A cidade receberia dois anos depois a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento, também conhecida como Cúpula da Terra ou Rio 92.

Por iniciativa dos jornalistas Lucia Chayb e René Capriles, a revista continua sendo editada e mensalmente oferece o que considera de mais importante sobre meio ambiente no Brasil e no mundo, por meio  de um olhar atento e profissional e conhecimento dos temas.

Os recursos dessa captação serão utilizados para modernizar a presença da ECO21 na internet e ampliar seu alcance junto aos leitores de todo o Brasil, em um momento em que a informação qualificada ganha relevância extra frente ao grande volume de dados fora de contexto e falsos que assolam a sociedade.

  • Colabore com o fortalecimento da Revista ECO21 e sua evolução no ano em que completa 3 décadas de jornalismo
  • Site do Financiamento Coletivo SOS Revista ECO21
Anúncios


Deixe um comentário

Grupo de Pesquisadores lança o Observatório de Jornalismo Ambiental

Captura de Tela 2019-04-16 às 10.06.40Como primeira matéria do Observatório de Jornalismo Ambiental, o Grupo de Pesquisadores em Jornalismo Ambiental publicou nesta segunda-feira (15/4) a primeira matéria, de autoria do  jornalista, professor e doutorando em comunicação Roberto Villar Belmonte. Na matéria, intitulada “Agrotóxicos: qual a função e o limite do jornalismo?“, Belmonte analisa o conteúdo da série de reportagens veiculadas no Globo Rural, de 31 de março e 7 de abril produzidas no Paraná.

Para o autor, “as reportagens abrem com a vinheta do Globo Natureza, sugerindo ao telespectador que a perspectiva apresentada seria a da natureza ou ambiental”“No entanto”, observa, “o enquadramento foi o do Agro é Pop: a Indústria-Riqueza do Brasil, campanha publicitária em prol do agronegócio exibida no horário nobre da emissora”.

Para o professor, “O programa comprou a resposta da indústria: O Brasil tem problemas com agrotóxicos – quase 40 mil casos de intoxicações notificados entre 2007 e 2017 – porque os agricultores usam errado o veneno.”.


Deixe um comentário

Inscrições abertas até 11/3 para a Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental

Captura de Tela 2019-02-17 às 15.55.10Estão abertas as inscrições para o concurso de Curtas EcoFalante da 8a. Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental

A Mostra recebe inscrições de filmes de 11 de fevereiro a 11 de março de 2019.

A Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental é um evento anual que contribui para a difusão de importantes e premiadas obras cinematográficas raras ao público brasileiro. Através de filmes e debates, a Mostra amplia e enriquece discussões ambientais que envolvem a totalidade de nossa sociedade. Continuar a ler


Deixe um comentário

‘Eco-reportagem em multiplataforma’ será o tema da jornalista Lara Ely

ab0edb08-166d-461f-99d7-14bf7738bcd8A jornalista Lara Ely estará nesta sexta, 15/2/2019, participando da roda de conversa sobre “Eco-reportagem em multiplataforma“. Será às 18h30min no Galpão do Plátano – rua Gen. João Manuel, 627, no Centro Histórico de Porto Alegre.

A Lara que também é idealizadora do @ecohistorias irá relatar sobre sua experiência em empreender no jornalismo e sustentabilidade. De lambuja, ainda poderão ser conferidos os bastidores da série documental “Sementes do Amanhã”, que trata sobre as sementes nativas que correm o risco de extinção aqui no Brasil, em que a Lara é autora trabalhando com uma grande equipe.

O Galpão do Plátano localiza-se na escadaria existente entre a rua Gen. João Manuel e a rua Fernando Machado.

O que: Roda de conversa: Eco-jornalismo em multiplataforma com Lara Ely
Data: 15 de fevereiro, sexta-feira
Horário: 18h30min
Local: Galpão do Plátano, Rua João Manoel, 627, junto à Feira Ecológica e Colonial
Valor: contribuição espontânea
Organização: Organifica
Colaboração: Ecohistórias
Apoio: Organicidade | Galpão do Plátano


Deixe um comentário

Ecojornalismo na prática

Por Isak Bejzman,
Edição Nº 1 / Out / 1996 do Jornal Viva, do
Núcleo de Ecojornalistas do Rio Grande do Sul (NEJRS) (pág. 2)

Fazer jornalismo científico já é difícil; dedicar-se à  prática do ecojornalismo é bem mais complexo. Neste último tipo o jornalista media com seu texto uma relação entre o cientista e o público leigo, entrando, além disso, no assunto, também os políticos, os empresários e os interesses que navegam por esses campos. Continuar a ler


Deixe um comentário

Ambiente em Crise

por Juarez Tosi
Edição Nº 1 – Out / 1996 do Jornal Viva, do
Núcleo de Ecojornalistas do Rio Grande do Sul – NEJRS (pág. 2)

Enquanto a sociedade gaúcha tentava se organizar, sob o tacão da repressão militar, em pleno ano de 1972, um jovem, recém saído da Faculdade de Agronomia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul demonstrava sua insatisfação de uma forma até então inédita: criando, na Rádio da Universidade, um programa de ecologia. Naquela época, poucos eram os que conseguiam ver a rapidez com que as lavouras eram envenenadas com agrotóxicos, os rios poluídos, as matas devastadas, entre outros fatores que degradavam de forma assustadora a notureza. Continuar a ler


Deixe um comentário

Fatma divulga os vencedores da 10ª edição do Prêmio Fatma de Jornalismo Ambiental

A Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina (Fatma) e a Engie Energia anunciaram nessa quinta-feira, 7,  os vencedores da 10ª edição do Prêmio Fatma de Jornalismo Ambiental. Neste ano, a premiação recebeu 92 inscritos. A premiação reconheceu as melhores matérias jornalísticas sobre meio ambiente publicadas na imprensa catarinense em cinco categorias: mídia impressa, telejornalismo, radiojornalismo, internet e fotojornalismo. Além dos vencedores regionais e estaduais, o júri também selecionou alguns trabalhos e veículos que receberam menção honrosa por participação.

Durante a cerimônia, o presidente da Fatma, Alexandre Waltrick Rates, ressaltou a importância do trabalho da imprensa catarinense. “Os jornalistas têm um papel fundamental no processo de educação ambiental. Parabenizo todos vocês pelos trabalhos vencedores e agradeço pelo interesse na cobertura de matérias sobre meio ambiente”, comentou.

Continuar a ler