Jornalismo Ambiental no Brasil e no Mundo

Notícias e conteúdos sobre a prática do jornalismo na área de meio ambiente no Brasil e no Mundo

Redes, Entidades e Núcleos Regionais

RBJA –  Rede Brasileira de Jornalismo Ambiental

Baseada em lista de discussões e grupo fechado no Facebook, a Rede Brasileira de Jornalismo Ambiental – RBJA – sedia as discussões e conversas entre os jornalistas e estudantes de jornalismo que tratam de questões ambientais no Brasil – o foco é a prática do jornalismo e não diretamente as questões ambientais.    É a Rede a grande articuladora dos Congressos Brasileiros de Jornalismo Ambiental.
Em 25 de maio de 2016, em reunião em São Paulo, a RBJA foi institucionalizada com a aprovação de um Estatuto e eleição da primeira Diretoria, Conselho Fiscal e Conselho Consultivo.
A Rede, foi fundada em 1988 como lista de discussão inicialmente na ferramenta Egroups, depois Yahoogrupos, em articulação dos jornalistas Roberto Villar Belmonte, pelo Núcleo dos Ecojornalistas do RS (http://www.ecoagencia.com.br/?open=nej) e João Batista Santafé Aguiar, editor da publicação AgirAzul editada pela PANGEA – Associação Ambientalista (http://www.agirazul.com.br/pangea), entidade hoje desativada.
Para o jornalista ou estudante de jornalismo aderir a rede, deve informar dados e solicitar ingresso em www.rbja.jor.br

RedCalc – Red de Comunicación Ambiental de América Latina y el Caribe

La Red de Comunicación Ambiental de América Latina y el Caribe, RedCalc, reúne a 246 periodistas y comunicadores ambientales de 15 países.  Surge el año 2000, proponiéndose ser un espacio de integración, intercambios y cooperación para  aumentar conocimientos, fortalecer capacidades y con ello mejorar y hacer más eficaz las coberturas periodísticas, comunicacionales y productos informativos. En cada país, el grupo es facilitado por un moderador/a, quién canaliza las nuevas solicitudes de ingreso. También existe una comisión a cargo del sitio web.

La experiencia de este trabajo en red posibilita:

  • Ejercicio de vinculación e interacción entre pares.
  • Contactos para acceder a coberturas temáticas, publicaciones,  fuentes especializadas y confiables.
  • Acceso a información de ofertas de capacitación, encuentros, seminarios, concursos e iniciativas.
  • Espacio de conversaciones, discusión, apoyos mutuos e intercambios de experiencias e incidencias de la comunicación y periodismo ambiental.

RedCalc mantiene relaciones de intercambio y complementariedad con otras redes de comunicadores y periodistas ambientales existentes en la región, entre ellas la Rede Brasileira de Jornalismo Ambiental (RBJA), la Red Mesoamericana y la Red Mexicana de Periodismo Ambiental (REMPA).

Contato: http://www.redcalc.org. (link visitado em maio de 2017 sem sucesso)

Asociación de Periodistas de Información Ambiental (APIA) – Espanha

La Asociación de Periodistas de Información Ambiental (APIA) reúne a periodistas na Espanha que trabajan en el ámbito de la información sobre medio ambiente de toda España. Se creó a finales de 1994, con el objetivo de: Velar por la independencia y objetividad de los contenidos informativos y divulgar con rigor la información medioambiental, Defender la libertad en el ejercicio profesional de sus asociados, Facilitar el diálogo y acceso a las fuentes informativas, Representar a sus asociados en cuestiones y temas de índole profesional.  Contato: http://www.apiaweb.org

IFEJ – International Federation of Environmental Journalists

A proposta de criação de uma rede mundial de jornalismo ambiental foi uma das conclusões do Green Press, evento oficial da Rio 92, realizado em Belo Horizonte de 20 a 24 de maio de 1992. A Federação Internacional de Jornalistas de Meio Ambiente foi criada um ano depois, num encontro em Dresden, na Alemanha. Desde então, a IFEJ vem realizando congressos anuais. O primeiro na América Latina ocorreu em 1999, na Colômbia, de 11 a 15 de outubro. A coordenadora é a jornalista Sonia Gordillo.

ABJC – Associação Brasileira de Jornalismo Científico

Associação Brasileira de Jornalismo Científico foi criada em 1977, em São Paulo, com o objetivo de congregar jornalistas, divulgadores de Ciência, pesquisadores em questões relacionadas com a informação científica destinada ao público leigo. Endereço antigo na internet com erro em visita em abril de 2015. 

Society of Environmental Journalists (SEJ)

Sociedade de Jornalistas de Meio Ambiente dos Estados Unidos é a maior entidade do mundo, com mais de 1000 filiados. A home page é visita obrigatória para os repórteres e editores interessados nos problemas ecológicos globais. Latino-americanos podem ser sócios da organização norte-americana, e receber a revista SEJournal, com excelentes artigos, em inglês. Veja também o Tip Sheet, com sugestões de pauta. Conteúdo em língua inglesa. Aceita cadastramento de interessados – http://www.sej.org/

Núcleo de Ecojornalistas do RS – NEJRS

Núcleo de Ecojornalistas do Rio Grande do Sul – NEJRS foi por muitos anos a única entidade brasileira dedicada ao jornalismoambiental. Grupos surgiram em diversas regiões do país após o Seminário para Jornalistas sobre População e Meio Ambiente promovido pela FENAJ em Brasília, de 27 a 30 de novembro de 1989. Os gaúchos e paulistas foram os mais ativos. É o primeiro núcleo de ecojornalistas do Brasil. Com sede em Porto Alegre, foi fundado em 22 de junho de 1990. Depois da Rio 92, apenas o Nejrs sobreviveu. Em dezembro de 1998, criou na Internet, juntamente com a PANGEA/AgirAzul, a Rede Brasileira deJornalismo Ambiental .  Mantém a EcoAgência de Notícias, a Terça Ecológica e outars iniciativas. Hoje o NEJRS é uma ONG que se constitui em referência nacional sobre jornalismo ambiental, com participação ativa nos principais eventos relacionados ao tema. Em 22 de junho de 2010, completou 20 anos de existência. Informações na página da EcoAgência de Notícias –http://www.ecoagencia.com.br.

Núcleo dos Educomunicadores dos Matos – NEM

Jornalistas que atuaram em projetos de comunicação socioambiental amadureceram a idéia do trabalho conjunto na região dos estados de MS e MT e criaram o Núcleo de Ecomunicadores dos Matos (NEM), visto que a natureza não tem fronteiras. A maioria dos jornalistas membros do NEM reside nas capitais dos estados de Mato Grosso (Cuiabá) e Mato Grosso do Sul (Campo Grande) e se articulam, trocam experiências por meio de uma lista de discussão, reuniões virtuais e presenciais; e atuam de forma voluntária em prol do fortalecimento da comunicação socioambiental. Veja saite em http://www.dosmatos.org.br. Está desativado conforme visita em abril/2015.

Núcleo de Jornalismo Ambiental de Santos e Região

Grupo de jornalistas de Santos/SP e região, que discute as práticas da profissão voltadas ao meio ambiente. Promove cursos e palestras sobre a prática do jornalismo.
Visite blog: http://njasantoseregiao.blogspot.com. No Orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=50959521. A página está sem atualização (abril 2015).

Núcleo de Ecojornalistas de Alagoas – NEJ-AL

O Núcleo de Ecojornalistas de Alagoas (NEJ-AL) com sede em Maceió é uma organização não governamental criada em 9 de junho de 2007, com o objetivo de reunir os jornalistas alagoanos que atuam na área do meio-ambiente ou são simpáticos à causa. Uma das finalidades no Núcleo é ampliar e qualificar cada vez mais a informação ambiental em Alagoas. Para tanto, além de incentivar e estimular os profissionais e empresas de comunicação a darem mais espaço para a cobertura jornalística sobre o meio ambiente, o NEJ-AL realiza seminários, cursos de capacitação e visitas dos profissionais aos biomas locais, entre outras ações, buscando ainda formar uma rede de parceiros. Informações na Internet. Núcleo aparentemente desativado (abril de 2015). 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s